sobre

VÁRIA — artes e violas na caatinga é um projeto de difusão e promoção da viola de dez cordas no semiárido nordestino, especialmente no sudeste do Piauí.

O VÁRIA envolve a produção de conteúdos didático, artístico-cultural e científico para a restauração [e reinvenção] da presença da viola de dez cordas no sudeste do Piauí. E ele o faz por três frentes:

1. pela produção de radiofônicos — pequenos programas radiofônicos de temas ligados à história da viola no Brasil e sua relevância para as artes populares e eruditas ibero-americanas.
2. pela criação e manutenção da iniciativa Violas a Nordeste — pequena base de dados sobre artistas de viola no/do nordeste brasileiro.
3. pela elaboração e divulgação do ebook Caderno de uma viola em realejo material didático-cultural sobre a viola de dez cordas e a afinação realejo. Trata-se de um manual de iniciação e execução da afinação realejo, contendo exercícios teóricos e práticos, e transcrições de um pequeno repertório e vídeos complementares. O material é resultado de pesquisas e criações artístico-musicais agregadas ao VÁRIA.

Quer saber mais? Acesse as páginas dos radiofônicos, do Violas à Nordeste e do Caderno de uma viola em realejo.

Atividade originalmente previstas mas suspensas devido ao contexto da pandemia do COVID-19.
organização e condução de pequenos concertos: apresentações de artistas associados ao universo da viola que são e/ou estão no semiárido piauiense.
oferta de oficinas de viola de dez cordas: oficinas de iniciação e prática coletiva de viola abertas a todos os públicos.

VÁRIA – artes e violas na caatinga é uma ação de extensão amparada pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), tendo como sede o município São Raimundo Nonato, Piauí.

contato
varia@sent.at

coordenação e idealização

Rainer Miranda Brito
[site artístico]

equipe

Ana Benicia
Fernanda Café
Greice Martins
Maria Amanda